O que afinal é o Pix? Veja mais sobre essa nova ferramenta neste artigo.

Publicidade

O PIX, que todo mundo vem ouvindo por ai é um novo sistema de pagamentos! Ele foi apresentado pelo Banco Central do Brasil, no mês de fevereiro deste ano (2020).

Portanto ele se trata de uma forma grátis de fazer transferências seja entre empresas ou pessoas!

Essa ferramenta está chegando com o intuito de substituir os tradicionais Boletos Bancários, DOC ou TED, pois ele terá a sua funcionalidade em qualquer dia da semana e em qualquer horário.

PIX, o que é?

O PIX começou a funcionar (em algumas fases testes) no mês de Novembro deste ano (2020) e tem a como sua proposta principal facilitar pagamento de contas, transferência e pasme, até mesmo o recolhimento de taxas e impostos.

Os pagamentos poderão ser efetuados em qualquer dia o horário da nossa semana. Ou seja, mesmo que você queira fazer um pagamento no Domingo as 22h, poderá! Diferente dos meios de pagamentos mais tradicionais como TED, DOC, Boleto que demoram alguns dias uteis para sua compensação.

Portanto agora um detalhe importante, para pessoas físicas, essa nova ferramenta PIX será gratuita. Ou seja, você não terá custos desde um café na padaria até mesmo pagar um imposto em uma instituição governamental.

VAGAS E ESTAGIOS, O QUE É O PIX?

6 Características importantes do PIX

  1. Ambiente Aberto: A ferramenta estará aberta para todas as instituições, sejam elas Bancos, fintechs, financeiras e não só para os Bancos como TED/DOC
  2. Disponibilidade: ter a possibilidade de poder efetuar pagamentos, transferência sem ter um limite de horário
  3. Multiplicidade de casos de Uso: a ferramenta PIX permitirá que as transferências de qualquer valor sejam feitas entre pessoas e empresas, pagamentos físicos ou online e recolhimento de impostos pelo Governo Federal
  4. Conveniência: A experiência será bem intuitiva (fácil) aos usuários
  5. Velocidade: os pagamentos terão até 10 segundos para serem efetuados
  6. Segurança: todas as transações serão baseadas através da RSFN (Rede do Sistema financeiro Nacional e terão proteção das tecnologias atuais.

Como funcionarão os pagamentos do PIX?

Para quem recebe o pagamento, será necessário a informação de uma das chaves cadastradas, ou mostrar o seu QR CODE. Já para quem irá efetuar o pagamento, basta acessar o aplicativo do seu próprio banco e fazer o pagamento normalmente.

Publicidade

O que são essas tal Chaves do PIX?

Sabe quando você vai fazer um TED para uma empresa e tem que ter aqueles inúmeros documentos, lembrar CNPJ, CEP, blá blá blá? Então o PIX chegou para simplificar tudo isso.

Os usuários terão que se cadastrar no PIX e receberão certas “Chaves” que resumindo serão “apelidos” nesse novo sistema de pagamento PIX. Vamos simplificar levando para as redes sociais?

Essa chave do PIX será nada mais nada menos que o seu usuário no Facebook ou até mesmo o seu @ no Instagram. Fácil né?

Mas cada pessoa física, poderá cadastrar até 5 chaves por conta. Poderão ser:

  • CPF;
  • E-mail;
  • Combinação aleatória numérica;
  • Telefone.

Essa chave ficará vinculada no seu banco que receberá seu cadastro pro PIX e por onde você receberá o dinheiro físico dos seus pagamentos recebidos.

Porém, detalhe importante* Uma chave cadastrada em um banco, não poderá ser cadastrada em outro banco, porém há a possibilidade de fazer uma “portabilidade” para a outra instituição.

Como funcionará os saques do PIX?

Vamos lá, também serão permitidos saques no PIX, já deixando adiantado que não será no inicio, esse é um plano a longo prazo. Isso está sendo estudado para ser implantado em diversas lojas ou até mesmo mercado, para que não há a necessidade de procurar um caixa eletrônico, sabe? Assim, você efetua o pagamento para o comercio e recebe o dinheiro em mãos.

Lembrando, essa parte do saque é algo informado pelo Banco Central, PORÉM, não tem um prazo para ser colocado em vigor.

E ai o que achou dessa nova ferramenta? Conta pra gente!