Como falar sobre uma demissão anterior em um processo seletivo

Publicidade

Durante o processo dizer que já foi desligado de uma empresa não precisa ser necessariamente uma dor de cabeça para o candidato. Com relação a vaga isso pode ser até um trunfo para o candidato.Entenda como responder a pergunta:

“Por que você foi desligado?”

Como falar sobre uma demissão anterior em um processo seletivo

Sinceridade

Em primeiro lugar seja honesto e sincero na resposta, não deixe transparecer irritação com o antigo empregador, responda diplomaticamente e deixe as emoções de lado.

Não reclame de algo que não te agradou no antigo, ninguém gosta de pessoas que reclamam em tudo no trabalho do dia a dia.

 

Rendimentos

Se a questão foi o fraco rendimento no trabalho, o candidato pode agregar o seu desempenho na area que atuava, dando exemplos, citando que estava dentro dos maiores resultados positivos do setor.

Publicidade

 

Lição para a vida

Para o recrutador é interessante saber qual a lição que o candidato tirou do desligamento e o mesmo procurara saber a analise que o candidato fez mediante aos motivos e o que aprendeu com essas razões.

Se torna necessário então fazer uma auto analise a esses motivos que apresentara pro desligamento e deixar claro o que aprendeu com essa situação, e o que pode aplicar na próxima empresa que ingressar.

É bom lembrar que o recrutador julgará como o candidato lidou com a situação e não com o erro cometido.

Tente demonstrar aprendizagem, maturidade e profissionalismo durante o discurso.

 

Seja objetivo

Lembre de ser objetivo na resposta, sendo o mais breve possível, falando sobre as conquistas que o emprego anterior te proporcionou, sobre os erros cometidos e o que tirou de lição de tudo que passou.

Evite falar em excesso sobre isso para não atiçar as suspeitas por parte do recrutador.

 

Demonstre gratidão

Tente expressar agradecimento pelo trabalho anterior, como? Cite algumas falas do tipo;

“infelizmente nesta empresa o meu contrato foi temporário, tendo duração de apenas três meses que só pôde ser prorrogado por mais três meses.

Mesmo assim, foi um aprendizado fundamental para que eu conseguisse trabalhar e exercer uma função bacana em outra organização no período seguinte”.

 

Publicidade