Quando chega a pergunta “Candidato, conte-me seus pontos positivos e negativos?”, vamos aprender a responder corretamente?

Agora que já voltamos a fase presencial das entrevistas de emprego, as perguntas mais “tensas” já voltaram a serem feitas olho no olho. É comum que o entrevistador queira escutar de você quais são seus pontos positivos e quais são os negativos. Assim sabendo o que agregará a empresa ou não!

Publicidade

A pergunta pode vir diferente também, como, quais são seus pontos fortes e fracos? Essa é outra forma de fazer a pergunta, porém com o mesmo intuito. Estar preparado nesse momento para responder o entrevistador é sem duvidas indispensável! Até porque não se esqueça, existiram outras pessoas interessadas na vaga que podem surpreender na resposta o entrevistador.

Publicidade

Destes pontos positivos e pontos negativos, o que ele quer realmente saber?

De modo geral, quem está te entrevistando está interessado em saber se seu perfil corresponde a vaga onde você se candidatou. O seu perfil deve estar alinhado a vaga concorrida, isso é dever do recrutador perceber e analisar dentre as perguntas e currículo.

Publicidade

Lembrando que, isso pode variar de organização para organização. Isso quer dizer que nem todas as características que são necessárias em uma organização para vaga X serão necessárias para a outra organização para a mesma vaga X.

Citando um exemplo, um candidato X que é tímido, talvez seja mais capacitado porém prefira trabalhar sem contato ao publico. Já o candidato Y tenha pouca diferença na capacitação porém goste de trabalhar em contato ao publico. Isso pode intervir na contratação.

Os recrutadores focam sempre em perguntar sobre o que pode levar você a faltar com concentração no trabalho, tais como sua imagem, dificuldade de cumprir certos prazos e dificuldade no foco. Entende quais são as diferenças?

Quando chega a pergunta “Candidato, conte-me seus pontos positivos e negativos?”, vamos aprender a responder corretamente?

Como me preparar sua resposta para a questão dos pontos positivos e negativos?

Durante a sua entrevista para a vaga, o recrutador pode acabar perguntando a você sobre seus pontos fracos e fortes de diversas maneiras. As vezes até inclusas dentro de frases não intencionais. Uma das formas mais utilizadas é pedir para que você liste 3 pontos positivos no trabalho e 3 negativos. Vamos tentar te passar algumas dicas para que isso saia mais tranquilo para você! Assim é importante lembrar que, pontos negativos serão sempre negativos? Então cuidado com o que irá passar para o recrutador.

O mais importante é listas seus pontos fracos e fortes com sinceridade!

Antes da entrevista, liste os seus principais pontos fortes e fracos, é importante que você seja verdadeiro com você mesmo! Assim você começara a analisar o que tem de melhor falando profissionalmente e o que você precisa melhorar.

Use o anuncio da vaga onde se candidatou a seu favor

Geralmente as organizações quando anunciam a vaga, costumam estruturar uma lista de artigos “desejáveis” para a mesma. Eles estão sempre em busca de um perfil profissional que se adapte com a organização.

Vamos fazer um exemplo de vaga aqui no artigo para você entender melhor:

VAGA Analista de Marketing Digital

Características desejadas:

  1. Boa comunicação interpessoal;
  2. Tenha facilidade em trabalhar em equipe e que colabore com a mesma;
  3. Perfil flexível, criativo e proativo.

Conhecimentos desejados:

  1. Preparação de landing pages e uso ágil delas;
  2. Seja familiar com metodologias ágeis;
  3. Conhecimento em ferramentas que tragam automação de marketing.”

Lendo atentamente ao anuncio da vaga já podemos deduzir algumas coisas, certo? Atente-se que a empresa já deixa explicito qual o perfil procurado.

São essas informações que você precisará usar para explicar quais são seus pontos fortes e fracos. Portanto não minta, isso é descoberto facilmente.

Relacionado aos Pontos Positivos: você precisará focar suas respostas em que a empresa está buscando.

A dica nesta hora é destacar todos os seus pontos positivos que estão sendo buscados pela organização. Lembre-se que a empresa já especificou como quer o colaborador!

Vamos citar mais um exemplo pra te auxiliar, caso você se candidata-se a vaga de Marketing Digital citada acima. Vamos dizer que você citaria três pontos importantes:

  1. sou bem comunicativo, gosto de me comunicar com outras pessoas, conhecer sobre novas áreas, conhecer sobre a hierarquia da empresa e acho que com esse conhecimento eu consigo exercer um trabalho melhor;
  2. adoro metodologias ágeis, como acabei de finalizar meu curso, meu conhecimento é muito teórico, quero aprender a pratica e me especializar ainda mais no assunto;
  3. sempre acompanho novas tendências na área de tecnologia e marketing.

Relacionado aos pontos negativos: Escolha com cuidado sobre o que irá falar nessa hora.

Nessa hora é importante se atentar ao que você irá falar, pois pode acabar colocando toda a entrevista por água abaixo. Fique atento ao explanar seus pontos negativos.

Para começar esse ponto, vamos voltar lá em cima no anúncio da vaga. A dica que passamos primeiro é que você elimine da sua fala de pontos negativos todo e qualquer ponto que possa ir contra as características disponibilizadas pela organização.

Você não pode mentir (não é essa a intensão de estar entrando na organização né?), mas também não pode jogar pelo ar as chances de conseguir a vaga.

Vamos lá, nessa etapa da entrevista, você precisa destacar ao entrevistador pontos negativos que poderiam ser ruins e atrapalhar o seu crescimento profissional em outra vaga mas para esta, serão muito bem-vindas.

Agora vamos conversar um pouco sobre o que você pode citar como pontos negativos para esta vaga:

  1. eu não gosto de esperar que me digam o que eu preciso fazer, sabe? costumo me organizar e fazer o que eu acho que deve ser feito. (em outras palavras você está passando ao entrevistador que você é uma pessoa proativa porém no item de “negativo”, algo bom para a empresa);
  2. eu também não curto trabalhar sozinho, sabe? Prefiro que no ambiente de trabalho tenha mais pessoas para trocar experimentar e melhorar a entrega final do trabalho (em outras palavras você está passando para o organizador que você gosta de trabalhar em equipe e não é alguém antissocial);
  3. tenho também muito dificuldade de trabalhar em organizações que são fechadas para as ideias dos colaboradores. Gosto de oferecer soluções, oferecer novas ideias e alguma melhoria que eu possa presenciar. (você está passando ao recrutador que é criativo).

Entendeu qual a lógica de apontar os pontos negativos como pontos positivos também?

Assim o recrutador vai pensar “Puxa, achei o match perfeito para essa vaga“. Vai uma ultima dica? Seja o máximo verdadeiro possível, o recrutador não é novo na área, vai sacar se você estiver mentindo ou se esforçando para parecer o “candidato perfeito”.

About The Author


Matheus Henrique

Jornalista e Redator com vasta experiência na criação de conteúdo para Web. Atuo também como Designer e Gestor de trafego na Empresa Boas Ideias. Desde 2017 na área de redação, produzo conteúdos sobre Economia, Finanças e Trabalhistas.