Neste artigo, juntamos algumas dicas para você evitar o uso do seu Cartão de Crédito!

Nos dias de hoje é possível prescrever que mais da metade da população de nosso país encontra-se com dividas e a grande maioria é devido a utilização de forma errada do cartão de crédito.

Entretanto é uma pergunta necessária você está entre esse grupo?

É importante ressaltar que obter um cartão de crédito tem muitas vantagens mas também possui desvantagens.

Como agir para viver sem um cartão de crédito?

Considerando como estamos vivendo hoje em dia, é possível viver sem um cartão em pleno século XXI?

Vantagens de obter um cartão de crédito

  • No entanto ao efetuar uma compra com um cartão, dependendo do dia que a compra foi realizada é possível efetuar o pagamento somente na próxima fatura;
  • Em caso de um imprevisto e houver a necessidade de realizar uma compra, a função de parcelamento do cartão de crédito ajuda a facilitar esse pagamento;
  • Lhe permite parcelas em valores pequenos e em quantidades maiores;
  • A vantagem de não precisar sair de casa com valores altos em dinheiro;
  • Programa de pontos exclusivos.
Neste artigo, juntamos algumas dicas para você evitar o uso do seu Cartão de Crédito!

Desvantagens de obter um cartão de crédito

  • Infelizmente aumenta a possibilidade de um descontrole financeiro;
  • Poder haver imprevistos tornando o pagamento minimo necessário, causando assim um endividamento maior;
  • Permitindo causar impulsos por compras;
  • Causando um aumento no orçamento do mês, devido ao parcelamento de compras do cartão de crédito;
  • Adquirir produtos sem responsabilidade.

Atualmente diversas pessoas pensam que se torna impossível o dia-a-dia sem um cartão, onde na realidade se é possível sim viver sem um cartão de crédito.

Publicidade

No entanto para as pessoas que acabam tendo o hábito de consumir muito e não possui controle sobre seus impulsos, acabam efetuam compras, e muitas vezes desnecessárias, e por essa razão não analisam a possibilidade de pagamento.

E por fim acabam se endividando e para essas pessoas o cartão não é um bom aliado.

Mas e se houver imprevistos ou alguma situação emergencial?

Entretanto para casos emergenciais ter um cartão é um ponto positivo, aliás nunca sabemos quando teremos uma emergência que seja de saúde ou algum imprevisto como consertos residências ou no automóvel por exemplo.

Um bom conselho é que obter um cartão para situações emergenciais é bom, porém procure não desbloquea-lo a não ser em situação de emergência.

Como me ver livre de um cartão?

  • Primeiramente é viável efetuar um planejamento financeiro;
  • Em segundo é importante definir um limite mensal para gastos;
  • É importante analisar onde você está mais gastando ou investindo seu dinheiro e verificar a importância e necessidade deste ponto. Verifique se é importante este gasto;
  • Verifique o ponto do: eu quero mesmo isso? Ou eu preciso disso mesmo? Eu posso pagar por essa vontade? ;
  • Obtenha um apenas para situações emergenciais.

Em caso de o cartão fazer parte de seu dia – a -dia, por mais obvio que pareça utiliza-lo, comece a se adaptar sem ele, e assim começará um grande desafio para si de parar de depender do cartão.

É bom ir aprendendo a controlar seus impulsos e ir evitando o uso do cartão, mesmo que encontre em seu caminho uma promoção de uma blusa que queria, procure se controlar e mantenha o cartão do que agir por impulso e acabar perdendo o cartão e ter que aprender na marra a viver sem ele.

No entanto se você quer eliminar o cartão de vez, vale lembrar que você pode utilizar o cartão pré-pago, que é como estar com dinheiro em mãos porém de forma eletrônica. Com ele você não pode prolongar divida, ou seja, você só pode gastar o que possui de limite nele.

Conclusão

Certamente se é possível viver sem um cartão de crédito, ou pelo menos aprender a administrar as dividas ou simplesmente elimina-lo definitivamente.

No entanto o cartão não se torna um problema, o quesito maior é a questão da responsabilidade do titular ou de seus adicionais.

Optar por usar o cartão e aprender a usa-lo é necessário assim vai evitar apertos financeiros mensalmente e o cartão acaba por ficar disponível para situações emergenciais.

A melhor opção no caso de querer cortar os gastos com o cartão é em primeira estância evitar gastos desnecessários, e ir parando de usar com o hábito diário, assim sendo quando se der por conta não está mais na dependência do cartão.

Publicidade