Você conhece a diferença entre Jovem Aprendiz e Estágio? Vem com a gente entender melhor.

Diversas organizações como o CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) fornecem os programas de Aprendizagem e de Estágio. Mas muitos dos jovens que querem participar do programa, acabam confundindo os dois ou tendo duvidas entre eles.

Publicidade

Portanto neste artigo, iremos tentar sana-las pra você jovem! Bora lá conosco?

Publicidade

Preparamos este artigo especialmente a você jovem que esta interessado em começar seu crescimento profissional no mercado de trabalho por um destes dois programas. Esses podem ser a porta que falta pra você iniciar sua carreira tão almejada!

Publicidade

Afinal, qual a diferença entre eles?

Assim é preciso entender que os dois programas tem um único objetivo como foco principal. Inserir você jovem no mercado de trabalho de maneira simples e orientada, para que não exerça mais do que pode.

Preparando assim você para ter uma bagagem e uma jornada profissional já no começo!

O programa de aprendizagem (Jovem Aprendiz) se inicia com 14 e pode ser contratado e exercer a profissão com até 21 anos. Esse jovem não pode ter tido nenhuma experiência em carteira anteriormente. Assim sendo seu primeiro emprego!

A carga horário deste projeto também é adaptada à você para que o trabalho não interfira na educação (escola). Já o estágio é o programa paralelo à faculdade ou o ensino técnico e não ao ensino fundamental ou médio como no Jovem Aprendiz.

No estágio o jovem tem uma ação chamada de “Educativa escola supervisionada” que foca em trazer a prática para a sua vida. Além do que, na faculdade toda a parte teórica já esta sendo repassada a você!

Você conhece a diferença entre Jovem Aprendiz e Estágio? Vem com a gente entender melhor.

O Estágio

Nesta etapa, o estudante tem a oportunidade de exercer a sua teoria na prática. Adquirindo assim um conhecimento mais real da sua área. Geralmente quem está trabalhando todos os dias na área já conseguem te passar uma “ideia” melhor e as vezes até mais fácil da sua profissão.

Assim este é um processo que chamamos de pedagógico. Pois traz pra você uma vivencia prática de todo o conteúdo teórico aprendido em sala de aula.

Nessa etapa do estágio é importante lembrar que você jovem para ingressar precisa ter no mínimo uma idade de 16 anos. Possuir também os seguintes documentos: CPF, RG e estar matriculado em um curso de educação técnica ou ensino superior.

Mantendo assim uma frequência escolar regular que seja comprovada pela instituição!

Até porque o programa presa pelo ensino do Jovem, então essa parte da frequência é bem cobrada do Jovem. As oportunidades de estágio não são obrigatórias nas organizações assim como o Jovem Aprendiz e a mesma, não necessita de um vinculo empregatício na carteira de trabalho, somente o contrato já é valido.

Jovem Aprendiz

Nessa parte, o jovem é amparado através da Lei da Aprendizagem (10.097/2000). Nesta etapa o Jovem é preparado e inserido no mercado de trabalho através de médias e grandes empresas.

Assim iniciando seu crescimento profissional com um curso profissionalizante e atuando em sua área, com as devidas horas necessárias e cuidados com a integridade física.

Sendo assim, o jovem adquiri conhecimento na prática e no curso profissionalizante, além de ter os seus estudos pareados! O jovem faz o curso técnico, trabalho e estuda no seu ensino fundamental/médio ao mesmo tempo, sendo que a jornada de trabalho e estudo (curso) não podem atrapalhar a grade curricular do Ensino Médio.

Para ter a participação aprovada no programa, o Jovem deverá ter no mínimo 14 e 24 anos, estando devidamente matriculado no ensino médio ou ensino fundamental, com a frequência escolar regular!

Qual a duração dos programas?

Vamos lá, ambos programas tem a mesma quantidade máxima de tempo para execução. O que isso quer dizer? Os dois podem ter no máximo 24 meses de contrato.

No caso de jovens com algum tipo de deficiência comprovada, pode-se abrir uma exceção, o contrato pode contar mais que 24 meses!

No programa de aprendizagem tem um período mínimo e contrato que é de 11 meses. Já no estágio, não tem um mínimo, pode ir de 1 mês à 24 meses.

Esses contratos dependeram 100% a empresa contratante, devido a carga horária que será estipulada, conteúdo e funções disponíveis.

Como posso me candidatar a uma dessas oportunidades?

Você pode concorrer a uma das vagas do CIEE através do site oficial da organização clicando aqui e consequentemente fazer o preenchimento de todas as informações que forem solicitadas.

Após isso, você conseguirá através do próprio portal ver as oportunidades que estejam disponíveis para a sua candidatura. Lembre-se se olhar se os requisitos se encaixam no seu perfil antes de se candidatar.

Você também pode acompanhar as seguintes oportunidades:

Ja no programa de estágio, geralmente na própria Área do Aluno da sua organização de ensino (técnico ou superior) existem uma área de estágio, listando as organizações e as vagas disponíveis.

Acompanhe pois é uma área que sempre surge oportunidades devido aos contratos não serem tão longos!

Agora que você já percebeu a diferença entre os dois programas, já pensou em qual você quer se candidatar e qual te faz mais sentido? Não perca tempo para ingressar no mercado de trabalho, tente o quanto antes! Sua entrada no mesmo é feito por meio destes programas totalmente confiáveis.